AP Photo/Lucy Nicholson, Pool, File
AP Photo/Lucy Nicholson, Pool, File

Cantor Chris Brown é suspeito de agressão em Las Vegas

Depois de passar anos na condicional por agressão à ex-namorada Rihanna, músico se envolveu em outro caso, dessa vez em um jogo de basquete

REUTERS

05 de maio de 2015 | 08h53

O cantor de R&B Chris Brown foi apontado pela polícia de Las Vegas nesta segunda-feira, 4, como suspeito de agressão, acusado de dar um soco em um homem com quem jogava basquete durante uma briga antes do amanhecer no Palms Casino Resort.

Brown, que completa 26 anos na terça-feira, recebeu a opção de assinar uma citação de agressão ou ter o caso submetido ao gabinete do procurador para possível processo.

A polícia disse que a vítima relatou o incidente do hospital, onde o homem foi tratado dos ferimentos e liberado, e que Brown tinha deixado o hotel no momento em que os policiais chegaram.

Assinar a citação é uma promessa de comparecer em tribunal, não uma admissão de culpa, disse a polícia. Da mesma forma, Brown seria convocado para o tribunal se o procurador do distrito o acusasse.

De qualquer maneira, uma condenação acarreta uma pena máxima de multa de US$ 1 mil, de acordo com o porta-voz da polícia Larry Hadfield.

O advogado de Brown e seu agente não estavam imediatamente disponíveis para comentar o assunto.

Mais conteúdo sobre:
Chris Brown

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.