Arquivo/AE
Arquivo/AE

Cantor Chris Brown confessa agressões a Rihanna

Cantor de 20 anos foi acusado de ter agredido e feito ameaças criminais a sua ex-namorada

REUTERS, REUTERS

22 de junho de 2009 | 19h58

O cantor Chris Brown confessou nesta segunda-feira, 22, ter agredido sua ex-namorada, a estrela pop Rihanna, em um acordo com promotores que pedem que ele seja condenado a cinco anos de liberdade assistida.

Brown, cantor dos hits Run It e Kiss Kiss, terá que prestar pelo menos 180 dias de trabalho comunitário em seu Estado natal da Virgínia.

O cantor de 20 anos fez a confissão em audiência preliminar em corte de Los Angeles. Ele foi acusado de ter agredido e feito ameaças criminais contra Rihanna em fevereiro na véspera da entrega dos prêmios Grammy.

Não houve acordo para as acusações de ameaças e uma sentença formal está marcada para 5 de agosto. Se condenado pelos dois crimes, ele pode pegar até quatro anos de prisão.

"Creio que é recomendável que você assuma responsabilidade pela sua conduta, senhor", disse a Brown a juíza Patricia Schnegg.

Brown também deverá cumprir uma ordem de afastamento de Rihanna.

Rihanna, cujos sucessos incluem Disturbia e Umbrella também esteve na corte, mas apenas após a saída de Brown. Sua advogada, Donald Etra, disse que a cantora havia se preparado para testemunhar contra ele.

(Reportagem de Alex Dobuzinskis)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEBROWNCONFESSA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.