Cantona: multa por filme inacabado

CINEMA

, O Estado de S.Paulo

01 Julho 2010 | 00h00

O ex-jogador de futebol Eric Cantona, que ultimamente se dedica ao cinema, foi condenado a pagar mais de US$ 13 mil ao diretor francês Phillippe Barassat por não ter finalizado um filme com o qual havia se comprometido a financiar. A informação foi divulgada ontem pelo jornal Le Parisien. Segundo a publicação, o ex-craque do Manchester United e da seleção francesa, com sua empresa Canto Bros Productions, deveria buscar financiamento superior a US$ 245 mil para a comédia musical Lisa e o Piloto do Avião, que nunca foi concluída. Seria o primeiro longa de Barassat em que o próprio Cantona interpretaria o protagonista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.