Cantão traz verão romântico; Victor Dzenk se inspira na Riviera

Coleção de Yamê Reis para a Cantão imagina mulher que leva um estilo de vida romântico e aventureiro

Clarissa Thomé, de O Estado de S. Paulo,

08 de junho de 2009 | 19h08

O verão da Cantão chega de navio na Fashion Rio. Numa passarela com mastros, velas e escadas de corda, tops como Isabeli Fontana, Aline Weber, a russa Anastasija Kondrateva e Ana Claudia Michels desfilaram a coleção imaginada por Yamê Reis para a mulher que leva o estilo de vida romântico e aventureiro de Robson Crusoe.

 

Isabeli Fontana e Ana Claudia Michels desfilam nova coleção de Yamê Reis. Foto: Marcos D'Paula/AE

 

Aline Weber vestiu um macacão-saia no tecido batizado de Mar de Borboletas - voil de seda estampado, com alças de macramê e bordado de paetês. O tecido se repetiu num vestido com manga e decote em macramé.

 

Ana Cláudia Michels, que já havia levado alfinetadas por mostrar algumas celulites no desfile da Salinas, voltou a se apresentar de biquíni. Na véspera, ela havia dito que "estava linda" na apresentação da grife de moda praia e que as críticas eram coisa de "jornalista que não sabe cobrir moda".

 

Aline Weber e a russa Anastasija Kondrateva que desfila novo jeans com listras. Foto: Marcos D'Paula/AE

 

 

A ideia de Yamê é acabar com a hegemonia do vestido no verão. Fez macacões e macaquinhos, que se misturam com saias. Os jeans vieram em azul escuro, ou com listras desbotadas (em corrosão, no jargão da moda). A sensualidade ficou marcada por mangas irregulares, costas nuas e vestidos de um ombro só. Na primeira fila, a cantora Fernanda Abreu e a filha Sofia, e a atriz Bianca Bin e o namorado, Humberto Carrão, ambos de Malhação. Ainda hoje desfilam Victor Dzenk, Luiza Bonadiman, Carlos Tufvesson e Coven.

 

Victor Dzenk inspira seu verão na Riviera Francesa

 

No ano da França no Brasil, o mineiro Victor Dzenk sugere um passeio à beira mar na Riviera Francesa. Ele veste mulheres elegantes, com se estivessem chegando de um cruzeiro: vestidos vaporosos, longos ou curtos, nas estampas digitais que já são características da sua marca.

 

Estampas exlcusivas em biquínes e vestidos vaporosos. Foto: Marcos D'Paula/AE

 

 

Victor propõe ainda uma alfaiataria branca, em shantung strech, com listras, para dar o clima "mariner". De novidade, a moda praia, com biquínis, maiôs e bolsas em estampas exclusivas.

Modelo desfila pela grife Carlos Tufvesson, no Fashion Rio. Foto: Marcos D´Paula/AE

 

Carlos Tufvesson

 

Carlos Tufvesson fez o desfile que mais atrasou nesta edição do Fashion Rio - 45 minutos. Não por culpa do estilista. A apresentação não começou até a chegada do governador, Sérgio Cabral, e do prefeito,

Eduardo Paes, com as luzes já apagadas e todo o público esperando foram vaiados.

Modelo desfila pela grife Carlos Tufvesson, no Fashion Rio. Foto: Marcos D´Paula/AE

 

Nesta coleção, Tufvesson comemora 10 anos de carreira, 15 de casado e 40 do movimento Stonewall, de luta pelo reconhecimento dos direitos civis para gays. Fez uma moda verão em homenagem ao amor: modelos com vatitude, cabelão encaracolado (ele quer o fim da chapinha) e vestidos bem curtinhos em seda, algodão e viscose. O short, vedete desta edição da semana de moda carioca, também foi lembrado.

Luiza Bonadiman fez uma moda praia conceitual demais - maiôs de manga comprida, biquínis com gola alta, franjas. Difícil imaginá-los nas praias ou piscinas.

Tudo o que sabemos sobre:
Fashion RioCantãoVictor Dzenk

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.