Cannes reúne publicitários em campanha contra a leucemia

O primeiro grande desafio do 48º Festival Internacional de Publicidade de Cannes, o mais prestigiado do mundo, já começou. Hoje, 700 jovens publicitários, de várias partes do mundo, ocuparam um dos salões do famoso Grand Palais para criar um anúncio, de página dupla, para uma organização mundial de combate à leucemia. A prova se repete hoje com a criação de uma página na Internet, também para a Leuka, a instituição escolhida pelos organizadores do festival para testar a criatividade dos novos talentos.No fim da tarde de hoje, o trio que representa o Brasil estava exausto, mas confiante de que está no páreo, embora tudo vá depender do olho clínico dos jurados das categorias Press & Poster, como aqui é designado o material impresso, e Cyber Lion, o de Internet. José Augusto Ketzer, o Guga da agência paulistana Lodduca, de 26 anos, brinca com os colegas que deu raquetadas certeiras, se valendo do apelido idêntico ao do tenista Gustavo Kuerten, que acaba de se sagrar campeão também em território francês. A maior dificuldade para o redator Guga foi a de criar com os parceiros um texto em inglês. "A gente pensa em português e tenta traduzir para ter impacto."O diretor de arte da F/Nazca Marco Aurelio Monteiro, 28 anos, garantiu, porém, que as dificuldades foram superadas pela opção de uma imagem forte, sem ser deprimente ou motivadora de pena. Já Washington Thetonio, de 26 anos, diretor de webdesign da DM9DDB, terá que pegar pesado hoje para garantir o sucesso da peça publicitária também nas telas dos computadores. Ele afirmou que a opção dos três não foi a de dividir tarefas, mas criar tudo em conjunto.Theotonio acredita que o trio é uma tendência, especialmente com a inclusão de novos meios como a Internet. Sem esconder cansaço, os três corriam, como os outros tantos competidores do mundo, atrás de uma impressora que pudesse imprimir, no papel destinado para a apresentação, o anúncio que criaram e sobre o qual ainda guardavam segredo. Amanhã os primeiros jurados vão conferir o talento dos Young Creatives, como foram designados. Para Guga, a responsabilidade é ainda maior por ser ele o único representante da Lodduca na competição. "Nem adianta ficar criando sob pressão", diz, embora não tirasse o olho do relógico nos minutos finais do primeiro desafio. Enquanto isso, do lado de fora, o balneário da Côte D´Azur mostrava a sua vocação para o glamour: bares lotados, barcos na enseada e muita gente bonita nas ruas dão o tom de que acabou o festival de cinema, começou o de publicidade. E se nesse faltam estrelas como Catherine Deneuve, sobram egos dispostos a marcar sua passagem pelo balneário. Shorts coloridos, gravatas estravagantes, bolsas e sapatos apelativos. Cannes continua desfilando tendências no burburinho do credenciamento do festival que, oficialmente em todo o seu glamour começa hoje, com festas promovidas por agências e muito lobby em cima dos jurados. O brasileiro Silvio Matos, presidente do grupo NewcommBates e integrante do júri principal do festival, procurou, sem sucesso, curtir o aniversário - completou 31 anos - longe da ferveção, se é que isso é seria possível num local, onde todos estão disposto a ver, mas também serem vistos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.