Cannabrava registra moradia urbana

O fotógrafo Iatã Cannabrava lança nessa terça-feira o livro Casas Paulistas - Fragmentos de uma Utopia Urbana, no Museu de Arte Moderna (MAM), no Parque do Ibirapuera, às 19h. Patrocinada pela Dedalus Sistemas, com incentivo da Lei Rouanet, a obra traz um panorama dos diversos conceitos de morar que surgiram na história da cidade. Por meio de suas lentes, Cannabrava captou diferentes ângulos e contextos dos indícios, resquícios e experiências dos múltiplos projetos de construção e (re)organização da cidade, elaborando um registro da memória paulistana. Entre os endereços fotografados, estão, por exemplo, o Sítio Santo Amaro, o Palácio dos Campos Elíseos, a Casa de Vidro e o Edifício Copan.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.