Canal FX entra no ar na Sky em janeiro

A série de humor negro Mash, sucesso nos anos 70, é uma das atrações que chega à TV por assinatura brasileira em janeiro com a estréia do novo canal do grupo Fox, o FX, voltado para o público masculino. A má notícia é que apenas assinantes da Sky terão a oportunidade de conferir o seriado médico que foi visto por mais de 105 milhões de espectadores em seu final, em 1983 - recorde que sobreviveu aos finais de Friends, Seinfeld e Cheers. Com Mash, a emissora coloca no ar outras velhinhas de sucesso como Perdidos no Espaço, que teve boa venda em DVD. Batman, Viagem ao Fundo do Mar e Arquivo X completam a lista. Todas terão início em suas primeiras temporadas, a não ser Arquivo X, que começa no canal em seu quarto ano. Outra novidade não muito boa é que os seriados Deadwood e Playmakers, que estrearam na Fox em novembro, migrarão para o FX - felizmente, essa lista não inclui 24 Horas e Nip/Tuck. E quem acompanha essas atrações, como fica? "Terá de assinar a Sky", fala o diretor dos canais Fox, FX e National Geographic, Gustavo Leme. Com o final da primeira temporada na Fox, os dois dramas iniciam a segunda fase já na casa nova. Leme diz que a idéia já era essa antes mesmo da estréia das séries na Fox - só para degustação. O FX entra no ar no dia 2 de janeiro apenas na Sky, mas Leme afirma que há negociações também com a NET e com a Neo TV. Para definir o que entraria na grade da emissora, a Fox encomendou pesquisas ao Ibope. O bloco da séries antigas foi organizado de acordo com o gosto da audiência, assim como os novos seriados que chegam ao canal. A estrela é Rescue Me, drama sobre os bombeiros que viveram de perto o 11 de setembro. A animação Free for All, o drama Family Business - sobre a indústria pornográfica -, o show da dupla de mágicos Penn & Teller e o reality show de perseguição policial COPS são as outras novidades. O FX tem como slogan, "o que o homem vê" e teve até promoção feita com modelos nas ruas da cidade vestindo microshortinhos. Por isso, a programação ainda conta com blocos sobre automóveis (FX Speed), esportes radicais (FX Fuel) e claro, sensualidade (FXXX). Há também uma faixa para filmes de comédia, ação e terror. Os nomes das sessões são os melhores: Lavagem Cerebral, Quebra Tudo e Tem Que Ser Macho, respectivamente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.