Canal francês terá programação especial do Brasil

O ano do Brasil na França renderá uma programação especial em junho na TV5. Além de filmes brasileiros e documentários brasileiros ou franceses sobre o Brasil, alguns programas temáticos, de entrevistas e reportagens, serão dedicados ao Brasil. O destaque é para os curtas-metragens de Joaquim Pedro de Andrade, inéditos na TV. Esta programação será distribuída para todo o mundo. Por aqui, o cardápio comemorativo da TV5 (nas operadoras Net, Sky, DirecTV e TVA) começa no dia 4, às 5h10, com a exibição de Macunaíma (Joaquim Pedro de Andrade, 1969) - todos os longas terão horários alternativos. No dia 9, será a vez de Orfeu Negro (Albert Camus, 1959), às 21h20. No mesmo horário, porém no dia 16, haverá Deus e o Diabo na Terra do Sol (Glauber Rocha, de 1964). O canal mostrará Bye, Bye Brasil, de Carlos Diegues (1979), no dia 18, às 3h20. Terra em Transe, de Glauber Rocha (1967), que está em cartaz no Frei Caneca Unibanco Arteplex, também estará na tela. Vai ao ar no dia 23, às 21h20. Dona Flor e Seus Dois Maridos, de Bruno Barreto (1976), é o último filme da programação especial, no ar dia 30, às 21h20. Os documentários de Joaquim Pedro de Andrade serão exibidos de uma vez só, seguidos, no dia 21, a partir das 19h30. São eles: O Poeta e o Castelo (1959), Couro de gato (1960) - eleito um dos 100 Melhores Curtas-metragens de todos os tempos no Festival de Clermont-Ferrand -, Brasília, Contradições de uma cidade nova (1967), Gilberto Freire, o mestre de Apipucos (1959), Linguagem da persuasão (1970) e Aleijadinho (1978).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.