Canal E! festeja um ano no Brasil

Acompanhar o estilo de vida das celebridades do showbiz no Brasil e no mundo, conhecer seus gostos, suas histórias de sucesso, sua intimidade e descobrir detalhes do seu dia-a-dia. Além das informações voltadas para o mundo do espetáculo, com uma programação dinâmica e despojada, o "E! Entertainment Television" (TVA/Directv), representado pela "HBO", oferece também notícias atuais sobre os bastidores do cinema, teatro, moda, shows e musicais. Essas são algumas das propostas do canal, que comemora um ano de programação produzida especialmente para o público brasileiro, em língua portuguesa.A Bahia - que na opinião de Tony Daza, diretor de Talentos e Relações Artísticas do "E!" - é o Estado que mais se identifica com o Brasil, "por sua rica cultura e importante valor histórico" - foi escolhida pela direção do canal para celebrar o primeiro ano do "TOP E! Music & News", um programa elaborado especialmente para o Brasil, apresentado pelos brasileiros Débora Bueno e Alexandre Barros, mostrando celebridades brasileiras que se destacam nas áreas de música, cinema, moda e televisão. "O Brasil é muito receptivo à proposta do E!", afirma Daza. O "TOP E!" estreou no Brasil em junho de 2000, seguido pelos programas "Celebrity Profile" e "Behind The Scenes". Celebridades brasileiras com grandes projeções internacionais, como os atores Antônio Fagundes, Fernanda Montenegro, Regina Duarte, a cantora Daniela Mercury, o diretor de cinema Walter Salles e a modelo Gisele Bündchen, integram a lista dos famosos que já participaram dos programas especiais produzidos pelo "E!". No megacomplexo Costa do Sauípe, que reúne 5 resorts, 6 pousadas, além de uma ampla estrutura voltada para o lazer, a equipe brasileira do "E!" gravou os bastidores do show da banda Terra Samba, realizado no resort SuperClubs Breezes. No Pelourinho, em Salvador, foi a vez do grupo Olodum. O programa "Behind The Scenes" vai mostrar ao assinante tudo o que acontece por trás das câmeras, a construção do show, a montagem dos figurinos, e toda a produção. O programa exibirá também muitas das atrações turísticas de Salvador, como o centro histórico da cidade, a alegria contagiante do Pelourinho e o Projeto Tamar - que trabalha pela preservação das tartarugas-marinhas, na Praia do Forte - entre outros atrativos.De acordo com Tony Daza, o "E!" pretende continuar investindo em produções nacionais. Este mês, toda a direção do "E!" se reúne em Los Angeles ou Caracas para discutir um novo programa voltado especialmente para o público brasileiro, com estréia prevista para 2002. Assinantes na AL - Através de uma associação entre grandes nomes como "Time Warner Entertainment", "Sony Pictures Entertainment", "Ole Communications" e "TVA", a "HBO Brasil" chegou ao mercado brasileiro de televisão por assinatura em julho de 1994. Em janeiro de 1997, o grupo ganhou mais um parceiro, a "Buena Vista International" que trouxe em primeira mão, produções dos estúdios de "Walt Disney Pictures", "Hollywood Pictures", "Touchstone Pictures" e "Miramax". Após três anos no Brasil, a "HBO Brasil" distribui sete canais de pay-tv: "HBO", "HBO2", "E! Entertainment Television", "Sony Entertainment Television", "WBTV - O Canal da Warner", "Mundo" e "Cinemax".A proposta do "E! Entertainment Television" nasceu em Los Angeles, em 1990, e sete anos depois, em 1997, iniciou sua expansão internacional como um canal, começando pela América Latina, que atualmente conta com 10 milhões de assinantes. Em julho do ano passado, foi lançado o primeiro sinal exclusivo para o Brasil, com realizações de produções brasileiras, em português, dubladas e legendadas, com a participação de apresentadores também brasileiros. O investimento consumiu cerca de US$ 5 milhões na América Latina e no Brasil. Hoje, a programação do "E!" está presente em 120 países. Distribuído pela "HBO", o "E!" vem conquistando cada vez mais o mercado brasileiro. Hoje, 20% do horário nobre da programação do "E!" é elaborado especialmente para atrair assinantes brasileiros, na faixa etária entre 15 a 40 anos. "É um canal internacional que está se regionalizando para atender o público brasileiro", define Simone Costa, supervisora de marketing do "E!" no Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.