Canal Boomerang troca desenhos clássicos por animações

O Boomerang, da Turner, decidiu mudar seu formato e seu target. A partir do dia 3, em vez dos desenhos clássicos, que agradavam aos adultos nostálgicos, o canal apostará em animações e séries infanto-juvenis. Será uma espécie de Disney Channel, concorrente de outro canal da Turner, o Cartoon Network. O interessante da mudança é que, canais como a Nick e o próprio Cartoon abriram espaço para uma programação adulta durante a madrugada e o Boomerang faz o caminho inverso. "Queríamos oferecer programação para crianças e adolescentes", afirma o vice-presidente sênior e gerente-geral do Boomerang para a América Latina, Barry Koch. Apesar da transformação - que inclui todo o visual do canal -, o Boomerang também terá uma faixa adulta, com os clássicos, diariamente à meia-noite. "O Cartoon tem uma audiência de 18 a 34 anos no período do Adult Swin", conta Koch. Apesar da mudança na América Latina, o Boomerang continua sendo um canal de clássicos nos outros países em que está no ar, inclusive nos Estados Unidos. "O mercado aqui é diferente e todos estão esperando para ver como será o desempenho do canal no Brasil", diz Koch.

Agencia Estado,

21 de março de 2006 | 10h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.