Canadense Natalie Glebova é a nova Miss Universo

A canadense Natalie Glebova foi eleita na madrugada desta terça-feira Miss Universo 2005, na final do concurso de beleza realizado em Bangcoc e transmitido para 170 países. A jovem de 23 anos, que nasceu na Rússia mas mora no Canadá desde criança, foi escolhida entre 81 candidatas. Natalie Glebova sucederá à australiana Jennifer Hawkins, Miss Universo 2004. Morena de olhos azuis, a canadense derrotou outras quatro finalistas, incluindo a miss Porto Rico, Cynthia Olavarria, a segunda colocada, e as misses República Dominicana, Renata Sone, México, Laura Elizondo, e Venezuela, Monica Spear. As Miss Filipinas, Gionna Cabrera, foi considerada pelo júri a mais fotogênica, e Tricia Homer, das Ilhas Virgens, recebeu o título de Miss Simpatia. O concurso de Miss Universo foi realizado cinco meses após o maremoto que atingiu o sudeste asiático, inclusive a Tailândia, onde deixou 8.200 mortos ou desaparecidos. Um minuto de silêncio foi observado em memória das vítimas do tsunami durante a cerimônia, que aconteceu na manhã de terça-feira, no horário da Tailândia.O governo tailandês investiu cerca de US$ 6,5 milhões para sediar o concurso, em seu esforço de mostrar ao mundo que superou o devastador maremoto e que o país está pronto para acolher os turistas novamente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.