Canadense finge ter câncer por dinheiro e viagem à Disney

Uma mulher na região de Toronto, no Canadá, admitiu ter mentido estar com câncer após arrecadar milhares de dólares de pessoas que pensavam que ela estava morrendo, informou um jornal canadense.

REUTERS

06 de agosto de 2010 | 20h01

Ashley Anne Kirilow, de 23 anos, raspou seus cabelos e sobrancelhas, arrancou seus cílios e emagreceu para parecer estar sendo submetida a uma quimioterapia, informou o jornal Toronto Star.

Ela se relacionou com diferentes grupos locais e recrutou voluntários para ajudar a realizar eventos e apresentações beneficentes para arrecadar fundos. Ashley chegou a convencer uma organização de conscientização ao câncer a lhe pagar uma viagem à Disney como seu último desejo antes de morrer.

Segundo os voluntários, ela arrecadou 19.400 dólares americanos.

O Toronto Star afirmou que a própria Ashley ligou para o jornal para dizer estar arrependida.

"Eu estava tentando ser observada. Eu estava tentando reunir minha família novamente. Não queria mais me sentir como se eu não fosse nada. Deu errado, se espalhou rapidamente, e então parecia que o mundo inteiro sabia", disse ela, segundo o jornal.

(Reportagem de John McCrank)

Tudo o que sabemos sobre:
ODDMENTIUCANCER*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.