Site/ Divulgação
Site/ Divulgação

Campanha de financiamento coletivo quer arrecadar recursos para formar roteiristas negras

Objetivo da iniciativa do Cinema Nosso é conseguir R$ 100 mil para que todo o projeto proposto seja viável

Marcio Dolzan, O Estado de S.Paulo

11 de outubro de 2020 | 12h22

RIO - Uma das maiores escolas populares de audiovisual na América Latina, o Cinema Nosso está com uma campanha de financiamento coletivo aberta a fim de levantar fundos para a nova turma do curso de formação de roteiristas negras. A campanha "Narrativas Pretas", que vai para o seu segundo ano, foi fortemente afetada pela pandemia de covid-19.

O objetivo é conseguir R$ 100 mil para que todo o projeto proposto seja viável. Com esse valor, o Cinema Nosso conseguirá oferecer formação online para 60 mulheres, com mentoria e aulas apresentadas por nomes femininos de referência no mercado audiovisual. As metas inicial e intermediária da campanha são de R$ 30 mil e R$ 60 mil.

“Manter a formação, capacitação e possibilidades de inserção no mercado é de suma importância neste momento”, diz Mércia Britto, diretora da instituição, que este ano completa duas décadas de existência.

As doações podem ser feitas através do site até o próximo dia 13. São aceitas doações a partir de R$ 20, com recompensas variando de acordo com quanto for doado. Quem contribuir com valores entre R$ 600 e R$ 1.200, por exemplo, terá direito a prêmios como um minicurso de Fotogrametria, uma consultoria de Fotografia para Cinema ou uma Consultoria de Roteiro para Cinema.

Tudo o que sabemos sobre:
coronavírus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.