Campanha com argentinos gera protestos

Uma das campanhas publicitárias de TV mais comentadas da Copa, e já até premiada, a brincadeira da Skol "Argentinos no Samba" (que cortam cabelos e viram torcedores do Brasil) vem rendendo protestos na web. Trata-se de um manifesto de uma associação de argentinos, claro, que vivem no Rio, o Club Argentino. Segundo seu presidente, Osvaldo Sicardi, a associação - que vem enviando reclamações aos veículos de comunicação - acusa a propaganda de tratar os argentinos com adjetivos desrespeitosos, como "maricon" e de fazer apologia à rivalidade entre os povos. A agência responsável pela campanha, F/Nazca, já recebeu o protesto e não pretende mudar a ação.

Keila Jimenez, O Estado de S.Paulo

15 de junho de 2010 | 00h00

Raj em Budapeste

Caminho das Índias é destaque nas estações de metrô de Budapeste com propagandas com os dizeres: "Índia, lugar dos Sonhos. O amor é uma armadilha infinita". A trama da Globo estreou por lá em 31 de maio.

11 pontos

foi a média de audiência do Pânico na TV! anteontem. Mesmo com o bom índice, o programa ficou em terceiro lugar em ibope no horário

"Eu não preciso provar nada para ninguém" Faustão, em resposta no ar às brincadeiras do CQC insinuando que as cores de sua roupa eram em homenagem à Parada Gay

O clima está mais calmo na produção de Gugu após a mudança de horário na Record. Mas não totalmente. Na semana passada, a repórter Michelle Diehl foi demitida após um embate com o diretor da atração. Anteontem, outra confusão: uma repórter que saiu de helicóptero para mostrar ruas enfeitadas para a Copa se atrapalhou toda no ar, ao ter de falar de uma série de acidentes no trânsito de São Paulo.

A RedeTV! segue praticando multiprogramação, com uma grade de atrações no sinal analógico e outra grade no sinal digital. E tenta disfarçar: assinantes da Net que sintonizam os dois canais encontram a mesma legenda de informações em ambos. Só que a programação no ar não é a mesma.

20 dias é o tempo que a TVA tem para dar resposta sobre a compra da TV Alphaville ao seu proprietário, o superintendente Comercial do SBT, Guilherme Stoliar. Se passar disso, ele desiste do negócio com a operadora.

Danilo, personagem de Cauã Reymond, vai pagar muito caro em Passione pelo abuso de anfetaminas. Promessa do criador, Silvio de Abreu.

O cantor Gilberto Gil liberou para o Sportv sua música Fé na Festa para embalar os clipes com imagens da seleção brasileira em ação na Copa. Gilberto é convidado do Tá na Área de hoje, que antecede a a estreia do Brasil no mundial.

R$ 31,4 milhões é o que a Record está pedindo por cada uma das quatro cotas de patrocínio do novo Ídolos. Veja bem, R$ 13,5 milhões era o preço de cabeça de cada cota do Big Brother Brasil 10, que chegou a ter médias na casa dos 32 pontos. Em boa fase, o Ídolos chega a 11 pontos.

Ex-diretora da Band, Elisabettta Zenatti anda visitando outras emissoras. Já deu uma passadinha pela Record.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.