Câmara Brasileira do Livro revela finalistas do Jabuti

A Câmara Brasileira do Livro anunciou, na quinta-feira, a lista dos 10 primeiros colocados das 19 categorias do 48.º Prêmio Jabuti, que será entregue em setembro e vai distribuir mais de R$ 120 mil em prêmios. O colunista Daniel Piza, o repórter Bruno Paes Manso e os colaboradores Ruy Castro e Fabrício Carpinejar, os quatro do Estado, estão entre os indicados que passam à segunda fase. Ela vai revelar, no dia 8 de agosto, os nomes dos vencedores. Entre os selecionados nesta apuração estão Milton Hatoum (por Cinzas do Norte, na categoria romance), Mamede Mustafá Jarouche (pela tradução de Livro das Mil e Uma Noites)e Marceline Freire (por Contos Negreiros).Após dobrar para R$ 30 mil o prêmio para o Livro do Ano (nos gêneros ficção e não-ficção) em 2005, o Jabuti 2006 traz como novidade a duplicação do valor do prêmio para o ganhador de cada categoria, passando de R$ 1,5 mil para R$ 3 mil. O número de categorias também cresceu, passando de 17 para 19. As categorias ciências exatas, tecnologia e informática e economia, administração, negócios e direito, que no ano passado foram unificadas, passam a ser independentes de novo. A CBL também desmembrou as categorias reportagem e biografia, atenta ao crescente número de títulos nos dois gêneros.Assim, Ruy Castro e Daniel Piza concorrem na categoria biografia por, respectivamente, Carmen (Companhia das Letras), sobre a cantora Carmen Miranda, e Machado de Assis: Um Gênio Brasileiro (Imprensa Oficial). Outros fortes concorrentes estão no páreo, entre eles Carlos Didier, autor de exaustiva pesquisa sobre a vida do compositor Orestes Barbosa (Orestes Barbosa - Repórter, Cronista e Poeta, Agir Editora).Na categoria reportagem, Bruno Paes Manso concorre com O Homem X (Record). É uma obra oportuna. Nessa reportagem, ele analisa a ação e o discurso dos assassinos em São Paulo, revelando como o negócio criminal se organiza na região. Paes Manso enfrenta fortes concorrentes na categoria, como a dupla Taís Morais e Eumano Silva, autores de Operação Araguaia - Arquivos Secretos da Guerrilha (Geração Editorial) e Lucas Figueiredo (de Ministério do Silêncio, publicado pela Record, editora com mais citações na categoria).Outra categoria em que a disputa está acirrada é a da tradução. Mamede Mustafá Jarouche concorre com a nova tradução de Ulisses, de James Joyce, feita por Bernardina da Silveira Pinheiro para a editora Objetiva, e com a monumental versão de Rubens Figueiredo para Anna Kariênina, de Tolstói, para a Cosac Naify, cujo cuidado gráfico com suas publicações garantiu à editora paulistana mais indicações na categoria capa (quatro candidatos).Na categoria poesia foram indicados, entre os dez candidatos, os autores Affonso Romano de Sant´Anna (Vestígios, editora Rocco), Fabrício Carpinejar (Como no Céu & Livro de Visitas, Bertrand Brasil) e Ivan Junqueira (Poesia Reunida, Girafa Editora)

Agencia Estado,

14 de julho de 2006 | 14h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.