Cai número de visitantes em museus britânicos

O número de visitantes dos museus e das galerias de Londres caiu sensivelmente depois dos atentados de 7 e 21 de julho nesta capital, informa hoje o jornal The Art Newspaper em seu site. O estudo feito por este jornal mensal se baseou em dados dos sete museus e galerias mais populares de Londres: Museu Britânico, Galeria Tate Modern, Galeria Nacional, Museu Vitória e Albert, Galeria Tate Britain e Galeria da Real Academia de Arte. Segundo a análise, o total de visitantes da Galeria Nacional diminuiu em 40% na primeira semana de agosto, frente à mesma época do ano de 2004. A porta-voz da Galeria Nacional Louise Butler confirmou à EFE que o número de visitantes em agosto caiu após os atentados de julho. A porta-voz da galeria acrescentou que a redução pode etar relacionada à localização da galeria, que fica muito perto de Whitehall, próximo à residência oficial do primeiro-ministro, na rua de Downing. Em geral, a assistência às sete mais prestigiosas galerias de arte de Londres caiu 26%, frente às cifras de 2004. Só a Galeria Nacional do Retrato, que fica perto da Galeria Nacional, teve um aumento no número de visitantes frente ao ano anterior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.