Caetano canta em homenagem a Jorge Amado

Os baianos não poderiam homenagear o escritor Jorge Amado de uma forma singela: no momento da morte do escritor outro "Deus da Mitologia Baiana", Caetano Veloso, fazia um show na concha acústica do Teatro Castro Alves em comemoração ao seus 59 anos. Ao tomar conhecimento da morte do amigo, emocionado, cantou Milagres do Povo, música composta para a minissérie Tenda dos Milagres, e Tieta, do filme baseado na obra de Amado."Dedico a canção Leãozinho ao grande cidadão da Bahia que acaba de falacer. Era um ser de grande luz. Uma vez, numa entrevista para o Pasquim, ele me disse que infeliz ou felizmente não acreditava no candonblé porque era materialista, mas já tinha visto o candonblé fazer muita coisa. Eram os milagres do povo. Foi por isso que dei esse nome à canção feita para a minissérie Tenda dos Milagres."

Agencia Estado,

06 de agosto de 2001 | 22h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.