ALERIA GONCALVEZ/ESTADAO
ALERIA GONCALVEZ/ESTADAO

Caderno 2 Indica: 'Roda Viva' e 'Gilberto Gil & Os Paralamas' são os destaques para o fim de semana

Confira os passeios e eventos escolhidos pela equipe do Caderno 2 para curtir neste fim de semana

Redação, O Estado de S.Paulo

12 de abril de 2019 | 07h00

Com mais um fim de semana por aí, a equipe do Caderno 2 escolheu um show, um espetáculo e uma exposição para você curtir.

Confira a lista:

Teatro:

'Roda Viva', peça de Chico Buarque, volta aos palcos com direção de Zé Celso

Emblemática peça do cantor e compositor que estreou há 50 anos ganha nova montagem  segue em cartaz no Teatro Oficina 

Roda Viva, a primeira peça de Chico Buarque, escrita em 25 dias quando o cantor e compositor tinha 24 anos, volta depois de 50 anos pelas mãos do diretor José Celso Martinez Corrêa, do Teatro Oficina, que encenou o texto no Rio, em Porto Alegre e São Paulo em 1968.

Depois de estrear no palco do Sesc Pompeia, e a montagem segue em temporada na sede do Teatro Oficina.  Trata-se da Roda Viva de Chico Buarque, mas com pitadas genuínas do Oficina, que devem garantir um mínimo de polêmica: várias referências ao presidente eleito, Jair Bolsonaro, com uma série de imitações do político.

Roda Viva. Rua Jaceguai, 520. 6ª, sáb., 20h, dom,. 19h. R$ 60 / R$ 30. Mais informações, aqui.

Música

Versão Brasileira com Gilberto Gil & Os Paralamas 


Na nova edição da festa Versão Brasileira, no Espaço das Américas, Gilberto Gil & Os Paralamas do Sucesso interpretam sucessos em show seste sábado 13. R. Tagipuru, 795, Barra Funda, 3864-5566. Sáb. 13, 22h (abertura, 20h). R$ 120/R$ 260.

 

Exposição

Povos Indígenas - 519 anos de resistência

 

No dia 14, domingo, a Galeria Arteria de Ponta a Ponta abre a exposição Povos Indigenas - 519 anos de resistência, em busca de trazer à tona e discutir a questão indígena no Brasil.

O evento de inauguração contará com a presença de alguns povos indígenas - Fulni-ô, Guarani, Kariri Xocó e Yawalapiti uma feira de artesanato, pintura corporal, dançaToré e aula sobre ervas medicinais.

A exposição é dividida em três espaços com diferentes abordagens. Na Galeria Arteria de Ponta a Ponta, a intenção é de exaltar a cultura indígena originária brasileira.

No Ateliê Mais Pontas, será discutido os 519 anos que estes povos resistem a colonização e exploração de suas terras.

E no terceiro espaço, Ateliê 3 quartos, haverá oficinas, debates e apresentação de filmes e documentários. 

As três casas estão situadas na Olga Abujamra, 78, entre a Avenida Vergueiro e a Domingos de Moraes.

Povos Indígenas - 519 anos de resistência. Galeria Arteria Ponta a Ponta. Domingo, 14, das 10h Às 18h. 

s.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.