Caçadores procuram urso que matou mulher na Rússia

Caçadores russos estão procurando um urso que matou uma mulher no centro de uma cidade no extreme leste do país antes de fugir para a floresta, nesta terça-feira, informaram agências de notícias.

REUTERS

04 de agosto de 2009 | 08h58

Caçadores profissionais e autoridades de segurança começaram a caça pelo urso em Palana, uma cidade com cerca de 4 mil habitantes no norte da península de Kamchatka, informou a agência Interfax, citando fontes locais.

Um urso marrom macho de Kamchatka pode pesar 700 quilos e ter 3 metros de comprimento.

Muitos ataques de ursos são notificados na remota região a cada ano, e três pessoas já morreram nos últimos 12 meses, segundo a agência RIA.

Mas ataques no centro da cidade são raros. Palana é a capital da região administrativa de Koryak, que já era um território autônomo antes de começar a se fundir com Kamchatka em 2007.

(Reportagem de Conor Sweeney)

Tudo o que sabemos sobre:
ODDURSOCACA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.