Cacá Rosset estréia no rádio com "Debate Boca"

Depois de se tornar comentarista esportivo no programa Debate Bola, apresentado por Milton Neves na TV Record, o diretor de teatro e ator Cacá Rosset experimenta agora sua primeira incursão no rádio. A partir de hoje, Rosset estará no comando do Debate Boca, o Hospício do Rádio Brasileiro, programa com uma hora de duração, transmitido ao vivo, a partir das 17 horas, na Rádio Record (AM 1000 kHz).A idéia da nova empreitada de Rosset é trazer à tona um pouco de tudo: notícias do dia, prestação de serviço, polêmica, entrevistas, entretenimento, esporte, política, entre outros assuntos, sem perder o bom humor. E, se estamos falando de Rosset, a irreverência certamente dará tom ao programa. Outro ponto forte, segundo o apresentador, será a interatividade do ouvinte, que poderá participar nos mais variados momentos. "Vou colocar os ouvintes para falar, porque é o horário que muitos deles estão no carro, voltando do trabalho, ou em casa."Rosset criou quadros como Pare o Mundo Que Eu Quero Descer, em que o ouvinte poderá fazer desabafos, envolvendo desde problemas familiares até a falta de esgoto no seu bairro. "Farei comentários sobre assuntos gerais, sobre fatos do dia-a-dia até coisas abstratas", garante ele. O quadro A Porta para o Sucesso dará espaço para os novos talentos musicais, cantores ou grupos, procurando seguir o viés do bom humor. "É uma janela para as pessoas que, de alguma maneira, têm pretensão ao estrelato", ele explica. Em Fogo Cruzado, Cacá Rosset trará sempre um convidado especial, famoso ou anônimo, que esteja no foco do dia. Já o quadro A Hora do Riso abrirá espaço para o ouvinte que quiser contar uma piada, para um humorista famoso ou mesmo para o próprio Cacá Rosset exercitar seu lado irreverente. Outro quadro que Rosset pretende instituir é A Hora do Berro, em que ele, o apresentador, convidará todos seus ouvintes a berrarem, num ato de desabafo, estejam eles onde estiverem.Debate Boca integra a nova programação da Rádio Record, que estréia hoje após passar por uma reformulação geral. Os programas de cunho religioso darão espaço a uma grade mais eclética, que inclui os programas de jornalismo Fala Brasil, sob o comando de Ricardo Capriotti, e Hora da Cidade, com Eleonora Paschoal e Ulisses Rocha, o esportivo Bate Bola, com Fiori Giglioti, o de variedades Manhã Record, apresentado por Sérgio Luiz, entre outras atrações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.