Bruxa à solta no meio artístico

Prisão, acusações de fraudes, detenção, acidente. A bruxa andou à solta nos últimos dias entre as celebridades. Depois de o veterano ator Sean Connery ser acusado de cometer crime fiscal na venda de uma mansão na Espanha, Wesley Snipes teve a prisão decretada na sexta-feira na Flórida por motivo similar. O astro da trilogia Blade é acusado de sonegar impostos sobre mais de US$ 38 milhões ganhos entre 1999 e 2001. O ator perdeu o recurso da sentença e poderá passar três anos na cadeia. Condenada a 90 dias de detenção por violar a condicional, a atriz Lindsay Lohan, flagrada ao dirigir embriagada, contratou outro advogado para defendê-la. Robert Shapiro já assumiu o caso no sábado dizendo que sua cliente cumprirá a pena.

, O Estado de S.Paulo

19 Julho 2010 | 00h00

Já a socialite americana Paris Hilton, que foi detida de novo no sábado por porte de maconha, desta vez em Córsega, no sul da França. Ela foi rapidamente interrogada e liberada, já que a quantidade de maconha era pequena: menos de 1 grama.

Liberado pela justiça suíça, o cineasta Roman Polanski fez sua primeira aparição pública no sábado, no Festival de Jazz de Montreux, depois de passar nove meses em prisão domiciliar. Polanski, de 76 anos, chegou cercado de seguranças que o protegiam de uma multidão de fotógrafos, para ver a atuação de sua atual mulher, a atriz e cantora Emmanuelle Seigner. O ator agradeceu as mensagens de apoio que recebeu durante a condenação. Ele foi liberado dias atrás, quando o governo suíço rechaçou sua deportação para os EUA, onde ele é acusado de abuso de menor.

A lendária estrela de Zsa Zsa Gabor foi hospitalizada no sábado depois de cair da cama e ter vários ossos quebrados. O acidente ocorreu na casa da atriz de 93 anos, em Los Angeles. "Ela estava assistindo a seu programa de tevê favorito, Jeopardy, quando tocou o telefone. Ela tentou atender e caiu", declarou seu porta-voz, John Blanchette. A atriz já sofria de paralisia parcial decorrente de um acidente de carro em 2002 e se locomovia utilizando cadeira de rodas e andador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.