Divulgação
Divulgação

Bruce Dickinson, do Iron Maiden, é nomeado cidadão de honra de Sarajevo

Cantor receberá reconhecimento por seu apoio à cidade durante a Guerra da Bósnia

EFE

31 Outubro 2018 | 18h17

SARAJEVO - O músico britânico Bruce Dickinson, vocalista da banda Iron Maiden, foi nomeado nesta quarta-feira cidadão de honra de Sarajevo por seu apoio à capital da Bósnia e Herzegovina durante a Guerra da Bósnia (1992-1995).

A administração municipal de Sarajevo aprovou hoje a proposta de homenagem apresentada pela associação artística local Concept Media, que ressaltou que as apresentações de Dickinson na cidade sitiada em dezembro de 1994 "devolveu esperança às pessoas" ao demonstrar aos cidadãos "que eles não estavam sozinhos".

Naquele ano, Sarajevo, cidade para a qual Dickinson foi transportado junto com sua banda de apoio em um caminhão de ajuda humanitária, foi a última escala de uma turnê mundial para promover o álbum "Balls to Picasso".

A história das apresentações foi narrada no documentário "Scream for me Sarajevo", gravado em 2015, assim como também na autobiografia de Dickinson, intitulada "What Does This Button Do?".

O reconhecimento será entregue ao cantor em 25 de novembro.

O prêmio é concedido anualmente a um estrangeiro por seu apoio a Sarajevo e ao desenvolvimento de suas relações internacionais, assim como pela defesa da solidariedade, da democracia, do humanismo e da tolerância.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.