Britânicos se despedem da estrela de reality show Jade Goody

Milhares de pessoas se despediram no sábado da estrela do reality show Jade Goody, em um final que se encaixou como uma luva para uma mulher cuja vida e morte foram transmitidas pela mídia britânica, obcecada pelas celebridades.

REUTERS

04 de abril de 2009 | 16h22

A ex-auxiliar de dentista, que morreu aos 27 anos no mês passado de câncer, encontrou fama e dinheiro como participante do programa popular "Big Brother".

Mãe de dois meninos, Jade foi muito criticada pela sua decisão de lutar contra o câncer na frente das câmeras, apesar dos médicos terem louvado-a por tentar criar consciência entre as mulheres sobre os riscos da doença.

Centenas de pessoas saíram às ruas de Bermondsey, no sul de Londres, onde Jade cresceu, jogaram flores e aplaudiram a passagem do caixão.

Cerca de 2 mil pessoas se reuniram nas portas da Igreja St. John, em Buckhurst Hill, ao norte da capital, para assistir aos serviços religiosos ao vivo através de uma tela gigante na parte de fora do templo.

Jade Goody viveu os prós e contras de ser famosa, dividindo a opinião pública entre aqueles que a valorizaram por ter tido uma infância difícil e entre aqueles que a criticaram por considerá-la uma pessoa famosa por nenhuma razão.

(Reportagem de Luke MacGregor)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEJADEGOODYFUNERAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.