Brasileiros no festival: mais imagens em ação

Sertão. O azul em imagem do brasileiro de Belo Horizonte. Foto: João Castilho/PHE/Divulgação

, O Estado de S.Paulo

15 de junho de 2010 | 00h00

 

 

Curiosamente, os brasileiros que participam do PhotoEspaña 2010, na mostra Encubrimientos, no Instituto Cervantes de Madri, também usaram o audiovisual como desdobramento de suas pesquisas fotográficas. João Castilho, de Belo Horizonte, coloca lado a lado em Redemunho, sobre as dicotomias do sertão brasileiro, uma série de belas fotografias e um vídeo feito a partir de residência artística em Bamako, no Mali. Já a Cia de Foto, grupo paulistano criado por Pio Figueroa, João Kehl e Rafael Jacinto, exibe trabalho tríptico de imagens publicadas na imprensa, feitas nas campanhas eleitorais para a prefeitura de São Paulo, em 2008 ? os fotógrafos registraram, em sincronia, os candidatos Marta Suplicy, Geraldo Alckmin e Gilberto Kassab em ação ? e a videoprojeção Caixa de Sapato, sequência de fotografias do universo do coletivo.

"A possibilidade de incluir o cinematográfico, o som e o movimento, cria um caráter mais lúdico. Chega-nos mais na Europa fotografias vazias dos estereótipos dos problemas latino-americanos", diz o crítico espanhol Alejandro Castellote. Ele e o cubano Juan Antonio Molina foram os responsáveis nesta edição por selecionar 10 participantes latino-americanos por meio de portfólios. O mote de Encubrimientos, resultado da seleção, segundo Molina, foi justamente a capacidade de a fotografia "encobrir e revelar através de muitas tramas", abrindo espaço para a sensação e lidando com a fragmentação.

No festival, uma mostra de fotografia no seu sentido mais puro é Profecias, com obras do Fundo Fotográfico da Universidade de Navarra no Museu da Cidade, em Madri. O foco da exposição e do acervo é a relação entre as imagens do século 19 e 20, reunindo obras históricas e de 12 contemporâneos, como Roland Fischer e a dupla Bleda y Rosa, que também faz individual no Real Jardim Botânico da capital espanhola.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.