Brasileira ganha prêmio Hans Christian Andersen

Uma estudiosa brasileira, um tradutor italiano e a rainha Margrethe da Dinamarca serão premiados na 9.ª edição dos Prêmios Hans Christian Andersen, segundo informaram os organizadores nesta segunda-feira.Ana Maria da Costa Santos Menin, de Sao Paulo e o italiano Bruno Berni receberão diplomas e uma estatueta de bronze durante a cerimônia marcada para o dia 2 de abril em Odense, dia e local do nascimento de Andersen, o escritor dinamarquês de contos de fadas que morreu em 1875.O comitê elegeu Ana Maria pela sua tese de doutorado O Patinho Feio, de H. C. Andersen: o "abrasileiramento" de um conto para crianças, de 1999, defendida na UNESP-Assis, e por utilizar a obra do escritor em suas aulas. O comitê do prêmio elegeu Berni por ter traduzido todos os contos de Andersen e alguns de seus romances para o italiano.Já a rainha, de 64 anos, vai receber um prêmio honorário por seu trabalho artístico por ilustrar dezenas de contos de Andersen nos últimos 20 anos. Andersen é conhecido em todo o mundo por seus contos de fadas. Escreveu 156 contos, além de romances, poemas e outras histórias. O prêmio foi criado em 1996.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.