Brasil será destaque na Feira do Livro de Genebra

O Brasil será o convidado especial da 16.ª Feira do Livro de Genebra, um dos quatro maiores eventos do tipo na Europa. Entre os dias 1.º e 5 de maio, o Brasil contará com um estande de 600 metros quadrados que será utilizado pelo País não apenas para a promoção de livros, mas também para a realização de shows de música brasileira, exibição de fotos, degustação de comidas típicas e conferências com especialistas.Segundo cálculos dos organizadores, cerca de 100 mil pessoas devem passar pelo espaço dedicado ao Brasil. A literatura brasileira tem um valor significativo para a cultura mundial, mas as obras de autores brasileiros ainda não são conhecidas o suficiente. Essa será uma oportunidade para que o Brasil mostre sua cultura, afirma o organizador do evento Pierre-Marcel Favre.Hoje, em Genebra, diplomatas brasileiros apresentaram à imprensa local as atrações do estande do País. Para atrair o público francófono, os organizadores garantem que terão à disposição as melhores traduções das obras nacionais em francês. Durante os cinco dias do evento, escritores como Augusto de Campos participarão de debates sobre literatura e sobre a cultura nacional. Outro que ainda poderá estar em Genebra é Paulo Coelho. O Brasil ainda vai aproveitar o evento para a promoção de filmes nacionais. Paralelamente à feira, ocorrerá um festival de cinema brasileiro na cidade suíça.Os organizadores afirmam que o orçamento da participação brasileira na Feira ainda não foi calculado. A única certeza é de que a conta será repartida entre o Ministério da Cultura e patrocinadores do setor privado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.