Brasil +500 tem programa educativo

Estudantes de escolas públicas do Rio poderão ver a Mostra do Redescobrimento com ingresso e transporte de graça. A Ação Educativa e Social da Mostra do Redescobrimento, patrocinada pela Telemar, colocará à disposição das escolas do Grande Rio cem ônibus, com capacidade para 40 estudantes e quatro professores cada. A expectativa da patrocinadora é levar 550 mil estudantes aos museus que vão abrigar a mostra. A iniciativa é destinada ao público a partir de cinco anos.O programa também promoverá passeios para escolas privadas, mas para estas não haverá ônibus gratuitos. Os agendamentos, para todos os seis módulos, já estão abertos e podem ser feitos com os locais de exibição. Em cada local, uma equipe de 150 pessoas, entre profissonais de arte, história e educação, servirá de guia aos visitantes. As visitas durarão uma hora e meia. Um kit sobre a Mostra do Redescobrimento será distribuído a todos os estudantes que visitarem os museus nos passeios escolares. Professores poderão levar materiais didáticos para futuras explicações em sala. O Espaço Cultural dos Correios, que inaugura hoje, para convidados, o módulo do cangaço, contará também com a Sala do Professor, com vídeos educativos e assessoria pedagógica para os professores em visita com alunos. O site da mostra, www.br500.com.br traz a Sala Virtual do Professor, com fins parecidos. O atendimento a deficientes físicos será mantido como foi em São Paulo, com maquetes, caixas sensoriais e textos em braile. Moradores de comunidades carentes também terão acesso gratuito à mostra, com direito aos mesmos ônibus que levarão os estudantes de escolas públicas. Os outro módulos que vêm ao Rio são Carta de Pero Vaz de Caminha, no Museu Histórico Nacional dia 17, Imagens do Inconsciente, no Paço Imperial a partir do dia 18 e Imagens do Barroco, com abertura dia 30 de outubro no Museu Nacional de Belas Artes. Telefones para marcar visitas - Espaço Cultural dos Correios (Cangaço: um Redescobrimento): 253-6738 Casa França-Brasil (Negro de Corpo e Alma): 233-0119 Museu Histórico Nacional (carta de Pero Vaz de Caminha): 240-1398 Museu Nacional de Belas Artes (Barroco) : 240-1404 Museu de Arte Moderna (Artes Indígenas): 210-2188 Paço Imperial (Imagens do Inconsciente): 533-4407. Informações gerais: 0800-20-3355

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.