Brad Pitt consegue ordem de restrição contra ucraniano

A polícia emitiu nesta quinta-feira uma ordem de restrição contra o ucraniano que atingiu o ator Brad Pitt no rosto quando ele dava autógrafos na pré-estreia em Los Angeles de "Malévola", o novo filme da Disney estrelado pela companheira do ator, Angelina Jolie.

Reuters

29 de maio de 2014 | 21h11

Pitt, de 50 anos, entrou com um pedido de ordem de proteção emergencial contra Vitalii Sediuk, de 50 anos, depois que ele pulou a grade na pré-estreia de "Malévola" e acertou o ator, afirmou a porta-voz da polícia de Los Angeles Wendy Reyes.

Sediuk, que é uma personalidade da televisão no seu país, foi detido, com fiança estabelecida em 20 mil dólares. Pitt não ficou ferido.

O ucraniano é famoso por atacar celebridades nos tapetes vermelhos e em eventos. Mais recentemente, ele invadiu o tapete vermelho do prestigiado Festival de Cinema de Cannes, na França, para tentar agarrar o vestido da atriz America Ferrera enquanto ela posava para fotógrafos, mas foi contido pelos seguranças.

Nas investidas anteriores, Sediuk agarrou o ator Leonardo DiCaprio perto da virilha em um evento do Festival de Filmes de Santa Barbara; invadiu o palco durante o discurso de aceitação do Grammy da cantora Adele e foi estapeado por Will Smith depois de beijar o ator em uma pré-estreia em Moscou.

(Reportagem de Piya Sinha-Roy)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEPITTORDEM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.