Borelli estréia coreografia sobre Augusto dos Anjos

Chegar mais próximo do conceito da obra do poeta Augusto dos Anjos, essa é a intenção de Sandro Borelli e do grupo F.A.R. 15 na coreografia Sr. dos Anjos - O Lamento das Coisas, que estréia quinta-feira no Teatro Faap e prossegue até domingo.Sr. dos Anjos - O Lamento das Coisas é o resultado de uma pesquisa de três anos em cima da obra e vida do poeta. "É importante dedicar-se ao objeto pesquisado, não dá para realizar um trabalho sério em pouco tempo", observa Borelli.A idéia de fazer essa peça surgiu após a morte da mãe do coreógrafo. A partir daí, ele percebeu semelhanças nos poemas do livro Eu - único publicado por Augusto dos Anjos - com a situação que vivenciou. A morbidez do poeta influênciou a obra do artista."Pretendo mostrar no corpo, pelos movimentos, as emoções e sensações que a poesia provoca", conta. De acordo com Borelli, o que importa é a obra e vida do personagem, não a sua figura, propriamente. "O processo de criação vivificou esta intenção."Na coreografia, cinco bailarinos movimentam-se no espaço cênico em torno de uma figura morta. Sr. dos Anjos - O Lamento das Coisas ainda contará com um cenário vivo. "Um casulo suspenso no teto com uma pessoa em seu interior, que simboliza um deus presente na obra do poeta", diz. Para dar o clima ao espetáculo, a trilha sonora foi composta por Sérgio Zurawiski, inspirada em Frederic Chopin.Outro ponto a ser destacado nessa curta temporada é o fato de a Faap ter aberto as portas do teatro ao grupo. "A fundação demonstrou interesse por nosso trabalho, aproveitou que havia uma vaga na agenda da sala e encaixou a coreografia. Isso foi importante porque temos a oportunidade de mostrar Sr. dos Anjos pronta. De outra maneira, seria complicado pagarmos o aluguel das instalações." O F.A.R. 15 também tem a intenção de apresentar a peça no Centro Cultural São Paulo no fim do ano.Em Sr. dos Anjos, Borelli finaliza sua pesquisa coreográfica e a seqüência de espetáculos que teve a primeira etapa com A.V.C. (Acidente Vascular Cerebral) e depois Plásmica Substância, que rendeu o prêmio de Melhor Coreógrafo 2000 da Associação Paulista de Críticos de Arte, a APCA, e uma pré-estréia na Mostra Sesi de Dança em fevereiro."Da mostra para cá, o trabalho amadureceu, mas também porque agora temos uma sede, o que garante espaço para os ensaios e desenvolvimento do trabalho", afirma. O grupo, que atua junto há três anos, agora tem endereço: Rua Paes Leme, 30, em Pinheiros. "Estes são os motivos porque considero essa obra uma das mais importantes que produzimos até agora."Sr. dos Anjos - O Lamento das Coisas. Com Sandro Borelli e grupo F.A.R. 15. De quinta-feira a sáb, às 21 h; dom, às 19 h. R$ 10. Teatro Faap. Rua Alagoas, 903, tel. 3662-1992. Até domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.