Bombeiros apagam incêndio no Museu Dalí, na Espanha

Um incêndio quase destruiu parte do acervo do Museu Dalí, em Figueras, localidade natal do pintor surrealista catalão Salvador Dalí, mas foi controlado rapidamente pelos bombeiros locais sem que o fogo e a água danificassem as obras. O incêndio, segundo os Bombeiros, começou às 21h05 (16h05 de Brasília) e foi causado pelo contato de algum fio com uma rede de plástico e fibra que protegia as obras de arte expostas na sala da cúpula do Museu, enquanto eram realizados trabalhos de limpeza. Os bombeiros tiveram que quebrar alguns vidros da cúpula do museu para conseguir apagar o fogo sem deixar que a água danificasse as obras de arte. O incêndio foi controlado em pouco mais de uma hora.Autoridades locais disseram que nenhuma obra de arte foi afetada pelo fogo e que tudo não passou de um "susto". O Museu Dalí, inaugurado em 1974, foi desenhado pelo próprio Salvador Dalí (1904-1989).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.