Bolshoi demite bailarina por excesso de peso

O Teatro Bolshoi demitiu uma de suas mais bailarinas por causa de seu peso e altura. A medida causou revolta no meio artístico de Moscou e na imprensa. A direção da companhia, uma das mais prestigiadas em todo o mundo, disse que não conseguia achar um par para Anastasia Volochkova porque os bailarinos se queixavam de não conseguir erguê-la em cena. Segundo a imprensa russa, ela mede 1,71 m e pesa 48 quilos.Anastasia, de 27 anos, rebateu as acusações de que teria engordado recentemente, por não conseguir evitar sorvete. Disse que foi tratada injustamente. "Uma bailarina não se mede por sua estatura", falou à TV russa. Para ela, a demissão é resultado de intrigas e mentiras.Isso porque seu desligamento do grupo, com o qual já dançou O Lago de Cisnes e muitas outras coreografias, se dá após dias de polêmica com a direção por conta de seu contrato. E na versão do diretor geral do Bolshoi, Anatoly Iksanov, a dificuldade para fechar um acordo está na origem da demissão. De acordo com ele, Anastasia se negou a assinar um novo contrato. A bailarina respondeu ter recusado a proposta por prever apenas quatro meses, em vez de um ano, e um número reduzido de apresentações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.