John Shearer/The New York Times
John Shearer/The New York Times

Bob Dylan lança 'Heaven's Door', sua própria marca de uísque

O artista entra no mercado do uísque artesanal em um bom momento, pois as vendas do uísque americano cresceram 52% nos últimos cinco anos

EFE

29 Abril 2018 | 00h10

WASHINGTON - O músico Bob Dylan decidiu entrar no mercado de bebidas e, em mais uma guinada em sua carreira, lançou sua própria marca de uísque, batizada de "Heaven's Door", cuja venda começa no próximo mês.

Dylan e sua nova equipe não elaborarão o uísque, mas o comprarão de uma série de produtores e mudarão uma série de características antes de engarrafá-lo, indicou neste sábado, 28, o jornal "The New York Times", que deu a notícia.

A coleção "Heaven's Door" consistirá em três tipos de uísque: um bourbon de sete anos, um uísque armazenado em um barril duplo antes de ser engarrafado e um uísque de centeio que foi envelhecido em barris de carvalho na cordilheira dos Vosges, na França.

Um dos sócios de Dylan é o empresário Marc Bushala, de 52 anos e famoso por ter criado o uísque de centeio "Angel's Envy", que depois vendeu por US$ 150 milhões à Bacardi.

Segundo o "The New York Times", Bushala começou em 2015 a pensar em um uísque com o nome de Bob Dylan e, depois de várias reuniões com o artista, conseguiu convencer Dylan a se tornar um dos sócios na empresa "Heaven's Door Spirits", que conseguiu um investimento de US$ 35 milhões.

"Nós dois queríamos criar uma coleção do melhor uísque americano que, à sua maneira, contasse uma história", disse Dylan em comunicado.

+++ Bob Dylan: Gênio do Protesto, Herói do Coração

"Viajei durante décadas e pude provar alguns dos melhores licores que o mundo do uísque oferece. Este é um grande uísque", afirmou Dylan.

O artista entra no mercado do uísque artesanal em um bom momento, pois as vendas do uísque americano cresceram 52% nos últimos cinco anos, chegando a somar US$ 3,4 bilhões só em 2017, segundo dados da Distilled Spirits Council, uma organização que representa empresas de bebidas dos Estados Unidos.

+++ Uma apreciação neurolinguística de Bob Dylan

Dylan se soma assim a outros famosos que entraram no mundo das bebidas, como o rapper Jay Z, que comprou a marca de champanhe Armand de Brignac, e George Clooney, que criou a marca de tequila Casamigos e depois a vendeu à empresa britânica Diageo por US$ 1 bilhão. /EFE

Mais conteúdo sobre:
Uísque Bob Dylan

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.