Biografia de Leila Diniz deve sair este ano

Em julho, terão se passado 30 anos desde que Leila Diniz morreu em um acidente de avião, na Índia. A irreverente atriz egressa do teatro rebolado, que acabou se tornando um símbolo da liberação feminina, é outro mito na mira da jornalista e escritora Regina Echeverria. A autora de Furacão Elis - livro sobre a vida de Elis Regina que a editora Globo vai relançar na Bienal, em abril - agora dirige sua atenção à atriz de Todas as Mulheres do Mundo."Estou escrevendo uma biografia sobre a Leila, que espero lançar ainda este ano", diz Regina. Antes, porém, ela participa de outro tributo à atriz. Ela assina um texto biográfico que fará parte de um grande evento em homenagem aos 30 anos da morte de Leila. "Haverá uma exposição, uma retrospectiva de filmes e diversas outras coisas que estão sendo organizadas por uma produtora paulista", adianta a jornalista. Sobre a biografia de Elis, Regina tem outra novidade. "Recebemos uma proposta para lançar o livro no Japão", comemora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.