Bill na encruzilhada que o rap armou para si mesmo

MV BILL

Julio Maria, O Estado de S.Paulo

19 de junho de 2010 | 00h00

CAUSA E EFEITO

Chapa Preta Preço: R$ 25

REGULAR

O rap anda mesmo por uma quebrada sinistra. MV Bill parece enfraquecido, sem o mesmo vigor de Traficando Informação, sua obra maior de 1999. O problema, o próprio Bill já detectou, está no discurso. Mais uma vez se fala de excluídos, de políticos corruptos, de preconceito. E um ritmo não pode se alimentar por tanto tempo de um mesmo mote, por mais sincero que seja. A presença do amigo de Bill em outras parcerias, Chorão, do Charlie Brown Jr, na faixa Cidadão Refém é o ponto baixo. O alto é a aparição de Chuck D, do Public Enemy. A produção deixa a desejar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.