?Big Brother Brasil 4? estréia em 13 de janeiro

O Big Brother Brasil 4 já tem data marcada para a estréia: dia 13 de janeiro. As quatro cotas de patrocínio, cada uma no valor de R$ 5 milhões, já foram vendidas para Minuano, Assolan, Fiat (todos esses renovaram a parceria) e Azaléia, a nova cotista. De acordo com o diretor do programa, José Bonifácio de Oliveira, o Boninho, 70 mil pessoas se inscreveram ? o número é bem inferior à primeira edição, que registrou mais de 500 mil inscrições. Para o BBB3, o número também ficou em torno de 70 mil.Além das pessoas que mandaram fitas de vídeo para a Globo, há aqueles que sonham com uma vaga na casa por meio de um sorteio da revista da Editora Globo. A publicação, anunciada como a ?última chance? para quem quer participar do BBB4, teve tiragem inicial de um milhão de exemplares. As vendas vão até o dia 22 de dezembro, dentro de um mês, mas a emissora mantém a expectativa, ainda, de alcançar três milhões de exemplares vendidos até lá.Essa é a primeira vez que a Globo capitaliza o interesse do público pelo programa com a venda de revista, como fazia o SBT com o Show do Milhão. Boninho explica que não há nenhum candidato escolhido até o momento. A produção ainda está em fase de seleção.?A princípio vamos trabalhar com as 70 mil fitas que recebemos. Se for necessário, recorreremos às indicações dos produtores de elenco?, afirmou o diretor. Isso, claro, além das duas vagas reservadas aos consumidores que comprarem a revista. Esses só serão definidos no dia da estréia da atração, quando a Globo vai sortear 16 pessoas ? 8 do sexo masculino e 8 do feminino.Duas, de acordo com os requisitos que estão na revista, necessariamente um homem e uma mulher, serão sorteadas para a escalação final.Segundo Boninho, não haverá avaliação pessoal para os sorteados, apenas física e psicológica. Pessoas com doenças infecciosas, com problemas mentais ou físicos graves, por exemplo, não poderão participar da atração. ?Até porque a casa não está preparada para receber um deficiente. As outras 14 sorteadas (pela revista) funcionarão como uma espécie de ?padrinhos? dos 14 que estão na casa. O padrinho do vencedor ganhará um carro. Os outros 13, uma televisão?, conta Boninho.Não haverá mudanças de regras. A única diferença, segundo o diretor, é que as duas pessoas selecionadas por meio do sorteio estarão imunes no primeiro paredão. A Globo ainda estuda como aumentar a participação do público na atração e outros produtos a serem lançados com a grife BBB. As maiores surpresas, de acordo com Boninho, estarão relacionadas à decoração da casa, às brincadeiras, aos novos moradores e à recepção aos eliminados (parte de fora da casa). Pedro Bial, lógico, será o apresentador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.