Big Brother alemão prenderá pessoas por um ano

A próxima edição do Big Brother na Alemanha vai trancafiar os participantes por um tempo recorde de um ano. O ganhador do show, que terá que permanecer por 12 meses na casa-estúdio sob a mira de câmeras, receberá ? 1 milhão (cerca de R$ 3,6 milhões). Entre os competidores desta edição alemã, estão um formado por Harvard, um empresário e um operário de fábrica. As regras do programa ainda não foram completamente definidas, mas sabe-se que os participantes serão divididos pela casa de acordo com o nível sócio-econômico em que se encaixam. O programa está marcado para o dia 1º de março.

Agencia Estado,

29 de janeiro de 2004 | 16h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.