Bienal de arte naif em Piracicaba

Será aberta amanhã à noite a 5.ª edição da Bienal de Arte Naif no Sesc Piracicaba. A mostra reúne 168 obras de 87 artistas, selecionadas por um comitê de críticos e historiadores de arte. Haverá também uma homenagem ao mestre da arte primitiva, Waldomiro de Deus, e a outros artistas naifs como Iracema Arditi e Ivonaldo de Melo. O prêmio destaque deste ano irá para a alagoana Tania de Maya Pedrosa. O Prêmio Ilustração ficará com Carmela Pereira, de Piracicaba. Ao todo serão premiados nove artistas. Além da exposição, estão programadas muitas atividades para os próximos dois meses, como oficinas, shows e espetáculos de dança e teatro.

Agencia Estado,

21 de setembro de 2000 | 16h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.