Bieber assume responsabilidade em caso de disputa de racha em Miami

O cantor pop Justin Bieber se declarou culpado à revelia nesta quarta-feira para resolver um processo criminal instaurado contra ele depois que a polícia disse que ele foi pego disputando rachas em Miami Beach, nos Estados Unidos, em janeiro.

REUTERS

13 de agosto de 2014 | 16h07

O acordo com o Ministério Público exige que o cantor canadense participe de uma aula de 12 horas de gestão de raiva, assista vídeos online sobre casos de condução sob embriaguez e doe 50 mil dólares a uma entidade de caridade infantil.

Como parte do acordo, Bieber, de 20 anos, se declarou culpado de conduzir de forma negligente e mostrar resistência a um oficial, sem violência. Em troca, o Estado retirou uma acusação de condução sob influência de substância não revelada.

(Reportagem de Zachary Fagenson)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEBIEBERACORDO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.