Biblioteca do Planalto é reaberta em Brasília

A biblioteca do Palácio do Planaltofoi reaberta hoje aos servidores do executivo com várias estantes vazias, após passar por uma reforma que consumiu R$ 700 mil. A Presidência não comprou novos livros para o acervo doespaço. Com um total de 19 mil livros, a biblioteca carece até mesmo de biografias de ex-presidentes. O secretário-executivo daCasa Civil, Swedenberger Barbosa, explicou que a "idéia" não era comprar livros, mas melhorar as dependências físicas da biblioteca. Ele salientou que o órgão fará parcerias com outrosdo gênero no País para garantir o acesso dos servidores epesquisadores a informações sobre a Presidência. "Nunca estevenos nossos planos comprar livros neste momento", afirmou. A uma pergunta sobre o motivo de o governo não terpriorizado a compra de livros, Swedenberger Barbosa, disse queas "críticas" ajudam a melhorar o local. Diante das prateleirasvazias, ele argumentou que boa parte do acervo ainda está dentrode caixas. "Se vocês forem olhar aquele ambiente lá dasprateleiras, tem muitas vazias. Vocês poderiam escrever oseguinte: as prateleiras estão vazias. Estão vazias. Sabe porqueestão vazias? Porque optamos por fazer a reinauguração ainda nomês de março e está tudo encaixotado. Então é lógico que estãovazias", disse. O secretário-executivo da Casa Civil ressaltou que abiblioteca do Planalto será interligada por meio de um sistemade informática com o Arquivo Nacional e as bibliotecas dosministérios da Justiça e da Cultura. "O objetivo é preparar oambiente e as instalações. O acervo é fruto dessas parcerias.Não tem porque resolver todas as coisas ao mesmo tempo." No anopassado, 14 mil pessoas consultaram livros no espaço. Participaram da reabertura da biblioteca a primeira-damaMarisa Letícia e o ministro da Coordenação Política, AldoRebelo. Em entrevista, Rebelo contou que recorre com freqüênciaà biblioteca para ler livros de autores como Joaquim Nabuco ePontes de Miranda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.