Bianca Soares é a surpresa da "Casa dos Artistas"

A novidade de Casa dos Artistas Apresenta Protagonistas de Novela, que estreou domingo no SBT, não ficou por conta do novo formato ou da presença de alguma celebridade entre os participantes. O programa é o reality show de sempre e os famosos são apenas aspirantes às páginas de revistas de fofocas. O grande destaque da atração comandada por Silvio Santos já é Bianca Soares. O boato sobre ela ser um travesti surgiu na semana passada, quando os candidatos a um papel na próxima novela do SBT ainda eram mantidos sob sigilo. Mas, domingo, na estréia, a informação começou a circular nos bastidores da emissora. Evangélica de Curitiba, Bianca tem 21 anos e é um travesti sim. Mas a estréia do reality show ficou longe do fenômeno de audiência registrado pela primeira versão, em outubro de 2001, quando chegou a fazer 36 pontos e destronar os quase 30 anos de liderança do Fantástico no ibope. O programa cravou 18 pontos de média durante o período em que ficou no ar, das 20h31 às 22h37. Já a Globo obteve média de 35 pontos no horário. Silvio Santos comandou o programa até o final e apresentou Regina Volpato, que ficará à frente do reality durante a semana. Silvio chamou os convidados Bárbara Paz e Supla - respectivamente primeiro e segundo lugar da primeira versão do reality show - para dar dicas aos participantes. Os dois aproveitaram a voltinha na casa para emendar um merchandising. Supla falou do novo disco e Bárbara anunciou a peça em que está atuando na capital. No programa de ontem, Reginaldo Cruz foi eliminado do programa. Até outubro, toda segunda-feira, os participantes farão uma prova, que será avaliada por uma equipe de professores. Quem obtiver a maior nota ganha imunidade. Já o que receber a nota mais baixa, vai direto para o "paredão". Os participantes votam em outro candidato e o público escolhe mais um. No domingo, Silvio Santos anuncia ao vivo quem dos três foi eliminado.

Agencia Estado,

17 de agosto de 2004 | 14h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.