Beth Goulart vive Maria Madalena no palco

Foi a própria Maria Fernanda Cândido quem indicou Beth Goulart para para ocupar seu lugar na peça O Evangelho Segundo Jesus Cristo, que volta nesta sexta-feira para São Paulo e fica em cartaz no Teatro Cultura Artística, até dia 23 de junho. E é Beth Goulart quem explica como foi a troca. "Há um ano, Maria Fernanda me procurou pedindo as músicas da peça Somos Irmãs", que eu havia feito, porque iria interpretar uma cantora de rádio na minissérie Aquarela do Brasil". As duas não se encontraram mais até que Beth foi à estréia de O Evangelho Segundo Jesus Cristo, e depois do espetáculo foi falar com Maria Fernanda. "Dei dicas, disse que ela tinha de se entregar mais ao personagem", lembra Beth. Contente com a receptividade da colega, ao deixar o ´cargo´, Maria Fernanda se lembrou do nome de Beth. O restante do elenco permanece o mesmo, com Paulo Goulart, Eriberto Leão, Walderez de Barros e Julia Catelli e não há outra modificações na peça, baseada no texto de José Saramago, e adaptada por Maria Adelaide Amaral. Com a entrada da nova atriz, o diretor da peça, José Possi Neto, irá acrescentar uma cena que não pôde ser feita por Maria Fernanda Cândido - a de Maria Madalena nua com Jesus Cristo. Maria Fernanda não quis tirar a roupa porque achou que a cena poderia atrapalhar sua carreira, já que ela nunca posou para revistas masculinas e é tida como um símbolo sexual. Beth Goulart - que vai pela primeira vez na carreira contracenar com o pai, Paulo Goulart - diz compreender a decisão da colega, mas explica que não tem problemas em fazer nus, desde que a cena exija. "O que me incomoda é a nudez gratuita, mas esta cena é muito bonita. É o momento em que Maria Madalena ensina Jesus a fazer amor, a amar de outra maneira." Ela acredita que é preciso ter o que ela chama de "despudoramento teatral" para ficar sem roupa e para se entregar totalmente a um personagem. "Tenho 28 anos de profissão é já atingi um nível de trabalho em que não tenho medo mais de me deixar ser tomada pela personagem." Por causa das gravações da novela das 8 da Globo, O Clone, na qual interpreta a ciumenta e neurótica Lidiane, Beth Goulart só conseguiu fazer quatro ensaios completos com o elenco. "Estou com uma adrenalina gostosa, mas também muito ansiosa." Apesar de ter ensaiado pouco, Beth diz que o fato de ter vivido outras prostitutas em sua carreira, como a Paula, na novela Olho Por Olho, na extinta TV Manchete, e Lucrécia Borgia, no teatro, lhe deu subsídios para interpretar agora Maria Madalena. "Foram mulheres cuja sexualidade permitia reflexões sobre o amor e a sensibilidade." Coincidentemente, Beth leu há pouco tempo o livro O Amor de Madalena por Jesus, que analisa a relação da ex-prostituta com o mestre. "Ganhei de um amigo e adorei. Achei bela a análise sobre as formas de amor possíveis."Atriz substitui Maria Fernanda Cândido em Evangelho Segundo Jesus Cristo, que reestréia no Cultura Artística, e pela primeira vez contracena com o pai, Paulo Goulart Serviço: O Evangelho Segundo Jesus Cristo. De quinta a sábado, às 21h, e domingo às 18h. Teatro Cultura Artística (Rua Nestor Pestana, 196, tel.: 258-3616). Ingressos: de R$ 25 a R$ 45. Às quintas, ingresso único de R$ 20.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.