Bernard Pivot deixa TV francesa

O jornalista literário Bernard Pivot, estrela da televisão francesa despede-se hoje de seu programa semanal Bouillon de Culture, com 12 convidados especiais. Durante 28 anos ele atuou como apresentador dos programas literários mais importantes da França: Apostrophes, que teve 724 edições de 1975 a 1990 e Bouillon de Culture (Caldo de Cultura), que comanda desde janeiro de 1991. Pivot, de 66 anos, diz que se retirar é "servir ao livro". Para ele "a fórmula estava desgastada" e as novas gerações querem "uma televisão mais rápida".Nesta 407.ª edição de seu programa, com duração excepcional de duas horas seus convidados serão: os artistas Isabelle Huppert e Fabrice Luchini, o cientista Premio Nobel Georges Charpak, os escritores Denise Bombardier, Annie Cohen-Solal, Gilles Lapouge, Amélie Nothomb, Erik Orsenna, Patrick Rambaud, Jean Tulard e o acadêmico Jean d´Ormesson, além do prestigiado comediante James Lipton, "Inside the Actor´s Studio" que encerra seus programas com um questionário no estilo de Pivot. O programa apresentará ainda uma seleção de imagens dos seus entrevistados, como o escritor George Steiner, o cineasta Roberto Benigni, o ex-primeiro ministro socialista Michel Rocard. O programa que sai do ar hoje vinha perdendo audiência. Em 1993 tinha de 1,2 milhões de telespectadores semanais e em 2000, só 850 mil. Pivot fez história. No seu histórico estilo cara a cara entrevistou Vladimir Nabokov, Albert Cohen, Georges Simenon. Enfrentou situações constrangedoras diante de Marguerite Duras, cujos "silêncios tinha que escutar", com Charles Bukowski embriagado e o presidente francês, o socialista Francois Mitterrand, doente, em abril de 1995, quando os médicos diziam que ele não agüentaria mais de 10 minutos de entrevista, mas resisitu por mais de uma hora. Pivot está sendo super-homenageado pela mídia em sua despedida, com um tributo da revista Lire, um almoço com o primeiro-ministro Lionel Jospin e uma página de anúncio no Le Monde com o texto "Bernard, merci".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.