Berlim inaugura retrospectiva de Joseph Beuys

Serão expostos 270 trabalhos do mais influente artista plástico alemão do pós-guerra.

Márcio Damasceno, BBC

13 de outubro de 2008 | 08h21

Beuys: A Revolução Somos Nós é o nome da primeira grande retrospectiva de Joseph Beuys realizada na Alemanha nos últimos 20 anos.Aberta na sexta-feira em Berlim, ela traz 270 trabalhos do mais influente artista plástico alemão do pós-guerra, entre desenhos, esculturas, instalações, fotografias e vídeos.A exposição inclui obras vindas Amsterdã, Nova York e Bilbao e fica aberta até dia 25 de janeiro no Hamburger Bahnhof, museu de arte contemporânea berlinense instalado numa antiga estação de trem.Segundo os organizadores, a mostra é a maior já dedicada ao artista. O evento procura questionar a influência de Beuys na arte atual, investigando a relevância das suas idéias na sociedade atual. Ardoroso defensor da arte como instrumento de transformação social, cultural e política, o alemão - que sempre usava um inconfundível chapéu - era um militante engajado. Fez parte de movimentos ambientalistas, pacifistas e anti-nuclear, sendo presença freqüente na mídia nos anos 70 e 80. ItáliaEntre as principais atrações da exibição está a instalação Palazzo Regale, criada pelo artista na Itália poucos meses antes de sua morte, em 1986.Outra obra que deverá chamar a atenção dos visitantes é Valores da Economia, composta por uma estante onde estão com diversas embalagens velhas de produtos de supermercado da Alemanha Oriental. A instalação é acompanhada por uma projeção de A Corrida do Ouro, de Charlie Chaplin.Cerca de 50 registros em vídeo ilustram, ainda, a ampla visão artística de Beuys.Os filmes documentam as muitas performances e apresentações do artista. Nelas, o alemão divulgava sua idéia de arte como base para o que chamava de "revolução de todas as relações sociais".Beuys, A Revolução Somos Nós é parte de uma temporada de exposições em Berlim chamada de O Culto do Artista, que ainda terá retrospectivas de outros artistas influentes como o americano Andy Warhol e o pintor alemão Paul Klee.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.