Alessandra Tarantino/AP
Alessandra Tarantino/AP

Bento XVI publicará em breve 1º livro como papa

Publicação tem origem em entrevistas a jornalista alemão

EFE

31 de agosto de 2010 | 16h57

As longas conversas sobre diversas questões que o papa Bento XVI teve durante o verão com o jornalista alemão Peter Seewald estarão em um livro que será publicado até o fim do ano, como informou hoje o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi.

 

Lombardi explicou que entre os dias 26 e 31 de julho, enquanto se encontrava em sua residência de verão de Castelgandolfo (perto de Roma), Bento XVI "concedeu ao jornalista alemão Peter Seewald uma série de entrevistas.

 

O jornalista alemão já tinha entrevistado o papa quando ele ainda era cardeal e prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, e destas conversas foram produzidos dois livros.

 

"A publicação do volume vai ocorrer em breve, antes do fim do ano, e está prevista que seja em italiano e alemão, embora possa ser traduzido para outros idiomas", acrescentou Lombardi.

 

Quando era cardeal, o papa Ratzinger havia publicado outros três livros-entrevistas. O primeiro foi em 1985 "Rapporto sulla fede" (Relatório sobre a fé), fruto das conversas com o jornalista italiano Vittorio Messori. As entrevistas com Seewald renderam os livros "Il sale della terra. Cristianesimo e Chiesa cattolica nel XXI secolo" (O sal da terra. Cristianismo e Igreja Católica no Século XXI (1997) e "Dio e il mondo" (Deus no mundo), em 2001.

 

Espera-se que, segundo os meios de comunicação italianos, saia em março do próximo ano o segundo volume do livro do papa sobre Jesus de Nazaré, dedicado à Paixão, Morte e Ressurreição.

 

O primeiro livro sobre Jesus, dividido em dois volumes, foi publicado em 2006.

Tudo o que sabemos sobre:
Bento XVIpapaVaticano

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.