Bem que o blues precisava de um energético

Bem que o blues precisava de um energético

NUNO MINDELIS

Julio Maria, O Estado de S.Paulo

03 de abril de 2010 | 00h00

FREE BLUES Microservice.

Preço: R$ 25

BOM

Se não fosse Nuno Mindelis, soaria estranho. Misturar o blues a acompanhamentos eletrônicos, sem o calor de bateristas e baixistas "de verdade", é algo que cria resistência antes mesmo de o play ser acionado. A fórmula não é nenhuma novidade, Eric Clapton cansou de recorrer a ela nos anos 80, quando o blues vacilava na encruzilhada. Nuno tem cuidado e não deixa que faixas brilhantes como Rock me Baby, Dust My Blues, All Your Love, The Thrill Is Gone e Messing With the Kid recebam com a música eletrônica aquela espécie de anestesia geral. /

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.