Bélgica celebra o 60º aniversário dos Smurfs

Bélgica celebra o 60º aniversário dos Smurfs

Na Smurf Experience na Expo Bruxelas, que vai até janeiro de 2019, os visitantes passam pela vila dos personagens clássicos criados pelo belga Pierre Culliford

Julia Echikson, Reuters

12 Junho 2018 | 19h17

BRUXELAS  - A Bélgica celebra o 60.º aniversário dos Smurfs ao dar aos seus fãs a chance de experimentar viver em sua vila e fazer um tour virtual das florestas místicas e cavernas.

O cartunista Pierre Culliford, que escrevia sob o pseudônimo de Peyo, acertou a sorte grande com a criação incidental dos Smurfs em 1958, já que inicialmente os personagens eram apenas coadjuvantes em sua história em quadrinhos sobre os heróis medievais Johan e Peewit. 

Depois de uma ótima resposta do público e a demanda por mais aventuras dos Smurfs, o belga colocou as pequeninas criaturas azuis no centro do palco com seu próprio livro de histórias em quadrinhos no ano seguinte. 

Isso iniciou a conquista global da família de personagens dos Smurfs enquanto eles combatem o feiticeiro Gargamel, que quer transformá-los em ouro - culminando em um hit de Hollywood que faturou meio bilhão de dólares em ingressos em 2011. 

Na Smurf Experience na Expo Bruxelas, que vai até janeiro de 2019, os visitantes passam pela vila dos Smurfs, com suas casas-cogumelo em tamanho real, e pelo brinquedo de realidade virtual, enquanto combatem Gargamel. 

Em um país dividido em dois idiomas, os Smurfs se tornaram um símbolo de unificação da Bélgica, assim como o chocolate, os waffles, a cerveja e a seleção nacional de futebol. 

“Eles (os Smurfs) são um símbolo da cultura e da herança belgas”, disse Chloé Beaufays, porta-voz da exibição. 

Organizadores esperam levar a exposição a outros países europeus e aos Estados Unidos e à Ásia nos próximos cinco anos. 

Mais conteúdo sobre:
Smurfsquadrinhos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.