Beatles e Roberto Carlos são os mais vendidos

Arrasando os quarteirões da indústria cultural, os músicos campeões de vendas nas festas de fim de ano foram os Beatles, com One (EMI), e Roberto Carlos, com Amor sem Limite (Sony). "Houve um ataque aos discos desses artistas", diz Marcelo Shida, coordenador da área de CDs da Livraria Cultura, do Shopping Villa-Lobos. "Roberto Carlos não gravava algo novo havia algum tempo. Além disso, as pessoas ficaram extremamente sensibilizadas com morte da mulher dele. Já os Beatles são o fenômeno de sempre, o incrível é que One reúne canções conhecidíssimas." Segundo Shida, se no próximo mês o mesmo CD for lançado com uma capa diferente, o sucesso será o mesmo. "Os fãs vão comprar do mesmo jeito."Das novidades, quem correu por fora, tanto nas lojas reais quanto nas virtuais da Livraria Cultura, foram Bebel Gilbeto, com seu álbum de estréia Tanto Tempo (Universal Music), e Frank Sinatra, com The Jerusalem Concert (Trama). A surpresa ficou por conta da procura pela trilha do filme Alta Fidelidade (Roadrunner). Em literatura, os mais vendidos foram os três volumes assinados por J.K. Rowling, Harry Potter e a Pedra Filosofal, Harry Potter e a Câmara Secreta, e o mais recente, Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban; Corações Sujos (Cia. das Letras), de Fernando Morais; e A Caverna (Cia. das Letras), de José Saramago. A trilogia de Star Wars e o filme Matrix foram os destaques em VHS e os DVDs mais vendidos foram Gladiador, Spartacus, Supernatural Live (Santana) e VH1 Divas Live.Além dos campeões já citados, os consumidores de CDs da Saraiva Megastore gastaram reais com a trilha internacional da novela Laços de Família (Som Livre); All That You Can´t Leave behind (Universal), do U2; A Day without Rain (Warner), Enya; e As Quatro Estações ao Vivo (Universal), Sandy e Júnior. Os livros mais procurados foram As Mentiras Que os Homens não Contam (Objetiva), de Luis Fernando Verissimo; O Demônio e a Srta. Prym (Objetiva), de Paulo Coelho; A Fantástica História de Silvio Santos (Editora do Brasil), de Arlindo Silva; Ninguém É de Ninguém (Caminheiros), de Zíbia Gasparetto; e A Arte da Felicidade- Um Manual para a Vida (Martins Fontes), do Dalai-Lama.As crianças determinaram a saída das fitas VHS de Toy Story 2 Fantasia 2000, Pokémon 2000, Aconteceu no Natal do Mickey e Matrix foi o escolhido pelos adultos.O filme estrelado por Keanu Reeves também aparece na lista dos DVDs mais vendidos da megastore, seguido por Lulu Santos - Acústico MTV, One Night Only Live (Bee Gees), Djavan ao Vivo e Around the World (Mariah Carey).Bem ao estilo cult da Livraria Belas Artes, os freqüentadores presentearam seus pares com CDs de música celta, árabe e judaica. Um dos mais procurados foi o sétimo volume da Coleção Poesia Falada Fernando Pessoa por Paulo Autran (Luz da Cidade). Os livros O Castelo (Livros do Brasil), de Franz Kafka; Estação Carandiru (Cia. das Letras), de Drauzio Varella; A Hora da Estrela (Ática), de Clarice Lispector; e A Caverna (Cia. Das Letras), de José Saramago, sumiram das prateleiras. "Teve um cliente que comprou 200 exemplares de Êxodos, do Sebastião Salgado", conta a gerente Vanessa Freitas Partamian, comemorando também a venda de muito Harry Potter.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.