"Bazaar" agita revistas de moda

A Harper´s Bazaar vai tentar resgatar sua época áurea. A revista de moda mais influente do mercado americano depois da Vogue começa nova fase com a editora Glenda Bailey em sua edição de setembro. Deve apostar em capas com mais atrizes de cinema do que modelos, na volta do designer gráfico Fabien Baron e na recuperação do glamour do início dos anos 90, quando Liz Tilberis conseguiu ressuscitar a publicação. A primeira edição da revista sem Kate Betts, que ficou no posto por apenas um ano depois da morte de Tilberis, em 1999, vai ter Nicole Kidman na capa. A Vogue estaria planejando relançar Linda Evangelista, a top dos anos 80 contratada pela Estée Lauder. As próximas edições da revista devem ser analisadas com cuidado pelo mercado editorial de moda. Comentar a dança das cadeiras das revistas é um dos programas favoritos de descolados nova-iorquinos. A morte de Tilberis, influente na cena fashion e na vida social, chocou a cidade. O interesse por Betts também era grande, já que ela era o braço-direito da poderosa editora da Vogue, Anna Wintour. Mas a curta carreira da editora confirma o poder de Wintour no mercado editorial americano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.