Baterista da banda Doobie Brothers morre aos 65 anos, de câncer

Mike Hossack, que foi durante décadas baterista da banda de rock norte-americana The Doobie Brothers, morreu de câncer, aos 65 anos, disse seu empresário na terça-feira.

REUTERS

13 de março de 2012 | 18h34

Hossack, que contribuiu com o timbre ímpar da banda com duas baterias, no começo da década de 1970, faleceu pacificamente na segunda-feira em sua casa, em Dubois (Wyoming), após uma "grande batalha" contra a doença, segundo o empresário Bruce Cohn.

"Mike era um cara único e um membro tradicional dos Doobie Brothers", disse Cohn em nota.

Nascido em Nova Jersey, Hossack começou a tocar bateria aos 12 anos. Lutou na Guerra do Vietnã, pela Marinha, e pretendia seguir carreira policial, mas acabou arrumando vaga em uma banda da Califórnia, a Mourning Reign, e em 1971 foi chamado para os Doobie Brothers, onde foi ouvido como segundo baterista em sucessos como "Blackwater", "Listen to the Music" e "China Grove".

Ele deixou a banda em 1973, trabalhou em outras bandas, mas voltaria em 1987. Seu último trabalho com o grupo foi o álbum "World Gone Crazy", de 2010.

(Reportagem de Jill Serjeant)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEDOOBIEMORTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.