Barretos dá a largada à 48ª Festa do Peão

Barretos, o coração do rodeio. Quando, às 19h30 desta quinta-feira, o locutor disse essa frase e teve inicio oficialmente a 48ª Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos, apenas algumas dezenas de pessoas ocupavam a grande arena do Parque do Peão da cidade. Aos poucos, no entanto, o publico foi chegando, atraído pela explosão de fogos de artifício e pelas coreografias de cavaleiros e amazonas carregando bandeiras do clube Os Independentes, que organiza a festa desde 1956. A cerimônia prosseguiu com a entrada, também a cavalo, da rainha e da princesa do peão deste ano e de outros quatro cavaleiros carregando a bandeira do Brasil. Durante a execução do hino nacional, eles permaneceram rodando. A atração seguinte foi uma cantora da região, que entrou na arena de charrete, seguida pelos peões e salva-vidas que participarão dos rodeios até o dia 31. Posicionados no centro da arena e diante da tradicional imagem de Nossa Senhora Aparecida, trazida todos os anos por Pedro Andarilho, um personagem já conhecido na festa, eles receberam a benção da padroeira. A partir daí, acreditam estar preparados para enfrentar os cavalos e touros do mais famoso evento do gênero do País.Embora as maiores atrações estejam reservadas para a próxima semana, a noite desta quinta-feira já deu uma idéia do que Barretos 2003 reserva. O evento começou com a modalidade bulldogging, onde os competidores têm de derrubar na força um garrote. Quem conseguir o feito no menor tempo, ganha o desafio. Depois foi a vez das mulheres participarem da única prova feminina, a dos três tambores. As peças são posicionadas de maneira a formar um triângulo e as amazonas têm de circulá-las no menor tempo possível. Os 25 melhores peões mostraram o que sabem montando touros. Marcam pontos os que conseguem ficar montados no animal por mais de 8 segundos. A noite teve ainda uma etapa do circuito universitário de rodeios, com as mesmas regras da montaria profissional de touros, mas onde os pontos começam a ser marcados a partir dos 5 segundos, e do team penning, onde três cavaleiros têm de dominar três garrotes também no menor tempo possível.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.